Renault Captur ganha versões 1.6 com câmbio CVT

Preços partem de R$ 84.900 na versão Zen e chegam a R$ 88.400 na Intense

Prometidas pela Renault desde que o Captur foi lançado no Brasil, em fevereiro deste ano, as versões equipadas com câmbio automático CVT e motor 1.6 16V foram enfim lançadas. São duas configurações com esse conjunto mecânico: Zen e Intense, que se somam às outras duas já oferecidas no mercado nacional. A expectativa do fabricante é de que as duas novas configurações respondam por 60% das vendas do modelo.

Confira os preços de toda a linha abaixo:

Captur Zen 1.6 MT: R$ 78.900
Captur Zen 1.6 CVT: R$ 84.900
Captur Intense 1.6 CVT: R$ 88.400
Captur Intense 2.0 AT4: R$ 91.900

Batizado de X-Tronic, câmbio CVT que agora está disponível para o Captur é produzido pela Jatco, empresa da Aliança Renault-Nissan. Ele é semelhante ao do que equipa March, Versa e Kicks, mas pode simular até seis marchas, e é possível trocá-las de modo sequencial dando toques na alavanca. O motor também é compartilhado com os modelos da marca japonesa: o 1.6 16V SCe desenvolve 118 cv de potência com gasolina e 120 com etanol, além de 16,2 kgfm de torque com os dois combustíveis.

O pacote de equipamentos da versão Zen CVT é idêntico ao da Zen manual, que já estava no mercado. De série, há quatro airbags (dois frontais e dois laterais), controles eletrônicos de tração e estabilidade, ganchos Isofix para fixação de cadeirinhas, assistente de partida em rampa, chave presencial, luzes diurnas de LEDs, rodas de liga leve de 17 polegadas, direção eletro-hidráuliza, ar-condicionado, vidros, travas e retrovisores elétricos, controlador de velocidade e sistema de áudio com Bluetooth e comandos satélites. O sistema multimídia Media Nav com GPS e câmera de ré é opcional, assim como a pintura bicolor: esses itens adicionam R$ 1.990 e R$ 1.400, respectivamente, ao preço do veículo.

Por sua vez, o Captur Intense CVT traz o mesmo conteúdo do Intense 2.0 com câmbio automático de quatro marchas. Nele, as rodas de 17 polegadas têm acabamento diamantado, o ar-condicionado é automático e o sistema multimídia é de série. Há ainda faróis de neblina com função cornering, apoio de braço para o motorista e sensores de chuva e crepuscular. A pintura bicolor, porém, continua como opcional, por R$ 1.400, e a Renault também cobra à parte pelo revestimento em couro, que custa R$ 1.500.

Fotos: Renault/Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *